sexta-feira, 1 de outubro de 2010

PORTUGUÊS 5º ANO 25...PRONOMES POSSESSIVOS, DEMONSTRATIVOS, INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS E RELATIVOS...

Pronomes possessivos, demonstrativos, indefinidos, interrogativos e relativos.
Veremos agora, outros tipos de pronomes que também se relacionam com as pessoas do discurso, porém possuem características próprias, que os identificam.
 PRONOME POSSESSIVO
Observe as frases:
a) Nosso serviço foi útil.
b) Minha caneta está falhando.
c) Tua mãe está aqui.
d) Sua casa é linda.
As palavras em negrito estão acompanhando os substantivos serviço, caneta, mãe, casa, respectivamente. Ao acompanhar os substantivos, essas palavras dão a idéia de posse,  indicando as pessoas gramaticais a quem pertencem os objetos ou com os quais se relacionam. Veja:
Nosso serviço = 1a pessoa do plural (nós)
Minha caneta = 1a pessoa do singular (eu)
Tua mãe = 2a. pessoa do singular (tu)
Sua casa = 3a. pessoa do singular (ele, ela)


No quadro abaixo, apresento os pronomes possessivos que estão ligados a cada pessoa gramatical.

Pessoa gramatical
Pronomes possessivos
Singular
1a. – eu
2a. – tu
3a. – ele, ela
Meu, minha, meus, minhas
Teu, tua, teus, tuas
Seu, sua, seus, suas
plural
1a. – nós
2a. – vós
3a. – eles, elas
Nosso, nossa, nossos, nossas
Vosso, vossa, vossos, vossas
Seu, sua, seus, suas

Concluímos que:
Pronome possessivo é aquela palavra que dá idéia de posse, concordando com a pessoa, o gênero e o número do substantivo a que se referem.

 EXERCÍCIOS:
Identifique os pronomes possessivos com função de substantivo com um traço embaixo e coloque entre parênteses os pronomes possessivos com função de adjetivo.
  1. Seu chapéu é de palha e o meu é de pano.
  2. Sua voz está rouca.
  3. Meus livros de história estão emprestados.
  4. A tua coleção de discos está completa?
  5. Nossas opiniões não combinam.
  6. Aquele é o meu professor de Matemática.

GABARITO (RESPOSTAS)
1. (Seu) chapéu é de palha e o meu é de pano.
2. (Sua) voz está rouca.
3. (Meus) livros de história estão emprestados.
4. A (tua) coleção de discos está completa?
5. (Nossas) opiniões não combinam.
6. Aquele é o (meu) professor de Matemática

PRONOME DEMONSTRATIVO
Vamos agora estudar sobre outro tipo de pronome. Primeiro, leia o texto abaixo:
Mário e Raul estão na lanchonete da escola. Mário olha para a rua e vê, do outro lado da calçada, seu professor. Ele diz para o amigo:
– Olhe, aquele é o meu professor de Matemática. Ele é muito bom professor!
– O meu também é muito bom! responde Raul.
– Quem é ele?
Raul chegou mais perto de Mário e falou baixinho:
É esse aqui ao lado!
O objeto do nosso estudo está nas frases:
  1. Olhe, aquele é o meu professor de Matemática.
  2. É esse aqui ao lado!
Mário está falando de uma pessoa que está longe dele e do seu amigo. A palavra “aquele” identifica de qual pessoa estão falando e a posição (perto, próximo ou longe) do professor em relação ao lugar onde os amigos estão. O professor encontra-se longe deles, do outro lado da calçada.
Na frase: “É esse aqui ao lado”, a palavra destacada também identifica uma pessoa, só que ela se encontra próxima dos dois amigos. A essas palavras damos o nome de pronomes demonstrativos.
Podemos concluir que:
Pronome demonstrativo é a palavra que identifica o substantivo demonstrando a posição deste, no tempo e no espaço, em relação à pessoa que fala (eu/nós).
 No quadro abaixo, apresento as formas usuais do pronome demonstrativo.
Pronomes demonstrativos
variáveis
Invariáveis
masculino
feminino
isto
isso
aquilo
Sing.
Plural
Sing.
plural
1. este
2. esse
3. aquele
estes
esses
aqueles
esta
essa
aquela
estas
essas
aquelas
Podemos estabelecer que:
  1. este(s), esta(s), isto indicam o tempo presente e o que está perto da pessoa que fala.
Ex: Esta noite vou dormir sossegada.
Estes lençóis estão sujos.
Quem colocou isto aqui?
2. esse(s), essa(s), isso indicam o tempo passado ou futuro não muito distante e o que está próximo da pessoa que fala.
Ex: “Esses seus cabelos brancos, bonitos, esse seu olhar tão puro” (Roberto Carlos, cantor brasileiro)
Isso foi dito para interromper o tumulto que se formou na sala.
3. aquele(s), aquela(s), aquilo indicam um afastamento considerável (longe) no tempo e no espaço em relação à pessoa que fala.
Ex: Aquele ano foi de muito trabalho e fadiga.
Aquele prédio está abandonado.
  Vamos exercitar.
1) Identifique os pronomes demonstrativos existentes nas frases, classificando-os em pronomes demonstrativos substantivos ou pronomes demonstrativos adjetivos.
a) Este livro é meu. De quem é aquele?
b) Aquela bicicleta é minha.
c) Isso é seu?
d) Aquilo não foi correto.
e) Aquele menino é filho da Lúcia.
f) Aquelas árvores embelezam a rua.

2) Preencha as lacunas com o pronome demonstrativo adequado, de acordo com a situação em cada frase:
a) Você está estudando com outro colega e precisa usar a borracha que está com ele. Você dirá: empreste-me ________ borracha (esta, essa, aquela)
b) Você está trabalhando com uma tesoura. Ao referir-se a ela, você dirá:_______ tesoura está enferrujada. (esta, essa, aquela)
c) Você e Lúcia estão precisando consultar alguns livros que estão guardados em outra sala. Você pede: Lúcia, por favor, vá pegar ________ livros de Língua Portuguesa. (estes, esses, aqueles)
d) Lúcia volta com os livros, dizendo: _______ vão nos ajudar bastante. (estes, esses, aqueles)


GABARITO (RESPOSTAS)
1. a) este – pronome demonstrativo adjetivo 
  aquele – pronome demonstrativo substantivo
b) aquilo – pronome demonstrativo substantivo
c) aquela – pronome demonstrativo adjetivo
d) isso – pronome demonstrativo substantivo
e) aquele – pronome demonstrativo adjetivo
f) aquelas – pronome demonstrativo adjetivo

2) a. essa     b. esta       c. aqueles      d. estes

PRONOMES INDEFINIDOS
Os pronomes indefinidos se relacionam com a 3a. pessoa do discurso (aquela de quem se fala) e expressam a idéia de indefinição, indeterminação, imprecisão. Veja os exemplos:
  1. Ninguém sabe a resposta, não é?
  2. Certas pessoas falam demais.
  3. Alguém quer falar com você.
As palavras em destaque são pronomes indefinidos porque não dizem exatamente quem são as pessoas a quem se referem: quem é ninguém, certas ou alguém?
O pronome indefinido também assume o papel de substantivo. Veja o exemplo:
-        Nenhuma criança compareceu à aula.
-        Nenhuma mesmo?
Na primeira frase “nenhuma” acompanha o substantivo “criança”; é, portanto um pronome adjetivo. Na segunda frase, “nenhuma” representa o substantivo “criança”; é, um pronome substantivo.
 Apresento abaixo, os principais pronomes indefinidos:
Variáveis
Invariáveis
Algum, alguns, alguma(s)
Nenhum, nenhuns, nenhuma(s)
Todo(s), toda(s)
Outro(s), outra(s)
Muito(s), muita(s)
Pouco(s), pouca(s)
Certo(s), certa(s)
Vário(s), vária(s)
Tanto(s), tanta(s)
Quanto(s), quanta(s)
Qualquer, quaisquer
Alguém
Ninguém
Tudo
Nada
Cada
algo
 Vamos exercitar.
1) Consulte o quadro dos pronomes indefinidos e preencha as lacunas com os pronomes adequados.
a) Batem à porta. Deve ser ___________ que tem fome ou frio.
b) Na vida _________ passa.
c) _________ coisa lhe aconteceu?
d) _________ está errado?
e) Estarei a sua disposição a ____________ hora.
f) ________ fizeram o que pedi.
2) Reescreva as frases, substituindo os pronomes indefinidos grifados por outros de sentido contrário:
a) Pedi pouco açúcar, mas você colocou muito.
b) Na sala há muitas alunas.
c) Nada me desanima.
d) Alguém me contou tudo.
3) Preencha as lacunas das frases com a forma singular ou plural do pronome indefinido QUALQUER:
a) Com a fome que estou, _____________ comida é saborosa.
b) Em ____________ lugar a gente encontra criança carente.
c) Procure-me para _______________ informações complementares.
d) Não traga um doce ____________, pois seu irmão é exigente.
e) Não posso aceitar _____________ argumentos sem comprovação.
f) Por você enfrentarei ______________ obstáculos.
g) Não pesam sobre ela ______________ suspeitas ou acusações.
 GABARITO (RESPOSTAS)
Questão 1:        a) alguém       b) tudo     c) alguma     d) Algo/tudo/nada     e) qualquer/toda     f) Todos/todas

Questão 2.
a) Pedi muito açúcar, mas você colocou pouco.
b) Na sala há poucas alunas.
c) Tudo me desanima.
d) Ninguém me contou nada.

Questão 3.    a) qualquer    b) qualquer     c) quaisquer     d) qualquer     e) quaisquer    f) quaisquer     g) quaisquer

PRONOMES INTERROGATIVOS
Pronomes interrogativos são aqueles usados para formular perguntas diretas ou indiretas. Veja os exemplos:
1. Quem chegou?                          2. Que livro preferes?
3. Diga-me quem chegou.         4. Perguntou-me que livro prefiro.
As frases acima, embora de estrutura diferente, são perguntas. As duas primeiras, chamadas de interrogação direta são marcadas pelo ponto de interrogação (?); a 3 e 4, chamadas de interrogação indireta são marcadas pelo ponto (.). Podemos afirmar que os pronomes interrogativos podem ser usados tanto na interrogação direta quanto na indireta.
 Observações:
1. O pronome interrogativo também pode ser antecedido da palavra “o”.
Ex: O que aconteceu com você?
2. Os pronomes interrogativos podem ser usados em frases exclamativas para expressar surpresa, admiração, revolta.
Ex: Quem diria! Era ele o ladrão.
Que beleza de vestido!
Qual queridinha, qual nada! Você tem é de se explicar!
 No quadro abaixo, apresento os pronomes interrogativos e suas características:
Invariáveis
Variáveis
que
quem
Só em número
Em gênero e número
qual – quais
quanto – quantos
quanta – quantas
 Exercícios.
1. Sublinhe e classifique os pronomes existentes nas frases.
a) Minha filha mora na França.
b) A Bíblia contem todos os ensinamentos morais.
c) Façamos nossas orações.
d) Isto é desagradável!
e) Aquele livro é ótimo.
f) Nenhum aluno foi reprovado.
g) Respeita teus superiores.
h) Quem chegou mais cedo?
i) Diga-me quem esteve aqui.
j) Quantos livros já compraste?
2. Relacione os pronomes grifados nas frases com a classificação dada:
1 – Pronome demonstrativo
2 – pronome possessivo
3 – pronome indefinido
4 – pronome interrogativo
5 – pronome de tratamento
6 – pronome pessoal
a. Meu (   ) caderno está todo (    ) rasgado.
b. Aquela (   ) moça está chamando você (   ).
c. Teus (   ) exercícios estão certos.
d. Alguém (   ) chegou antes de mim (   ).
e. Nossos (   ) professores já estão aqui.
f. Todos (   ) falam, mas ninguém (   ) se entende.
g. Esses (   ) alunos estão bastante adiantados.
h. Seus (   ) filhos já saíram.
i. Todos (   ) aprenderam a lição.
j. Quem (   ) ainda não fez o exercício?
 GABARITO (RESPOSTAS)
Questão 1.
a) Minha filha mora na França. Pronome possessivo
b) A Bíblia contém todos os ensinamentos morais. Pronome indefinido
c) Façamos nossas orações. Pronome possessivo
d) Isto é desagradável! Pronome demonstrativo
e) Aquele livro é ótimo. Pronome demonstrativo
f) Nenhum aluno foi reprovado. Pronome indefinido
g) Respeita teus superiores. Pronome possessivo
h) Quem chegou mais cedo? Pronome interrogativo
i) Diga-me quem esteve aqui.      me – pronome pessoal oblíquo;    quem – Pronome interrogativo
j) Quantos livros já compraste? Pronome interrogativo

Questão 2.
a. Meu (  2 ) caderno está todo (  3 ) rasgado.
b. Aquela (  1 ) moça está chamando você ( 5  ).
c. Teus (  2 ) exercícios estão certos.
d. Alguém ( 3  ) chegou antes de mim (  6 ).
e. Nossos (  2 ) professores já estão aqui.
f. Todos (  3 ) falam, mas ninguém (  3 ) se entende.
g. Esses ( 1  ) alunos estão bastante adiantados.
h. Seus ( 2  ) filhos já saíram.
i. Todos ( 3  ) aprenderam a lição.
j. Quem ( 4  ) ainda não fez o exercício?
  
PRONOME RELATIVO
Esses pronomes são assim chamados porque se referem a um termo que vem antes deles – o termo antecedente. Ex:
“Eu sou a mosca que pousou na sua sopa.” (Raul Seixas)
Na frase, o “que” se refere, se relaciona à palavra “mosca”. Por isso é chamado de pronome relativo.
O pronome “onde”, quando antecedido das preposições “a” e “de”, aglutinam-se com elas, produzindo as formas:
De + onde = donde         a + onde = aonde
Ex: A casa aonde vou fica muito longe daqui. ( para a qual )
O lugar donde venho não tem telefone. ( de + o qual )
1. COMO RECONHECER PALAVRAS COM A MESMA FORMA, MAS DE CLASSE GRAMATICAL DIFERENTE.
a) Que = pronome relativo     X     que = conjunção
É preciso não confundir o “que” – pronome relativo com o “que” – conjunção. É a mesma forma, porém com funções e características diferentes.
O “que” será pronome relativo quando, na frase, puder ser substituído por “o qual” ou “a qual”, sem prejuízo do sentido da frase. Caso contrário, estamos diante de uma conjunção. A conjunção será objeto de estudo mais adiante.
Ex. “O anel que tu me deste era fino e se quebrou; o amor que tu me tinhas era pouco e se acabou.” (cantiga de roda popular)
Quero que você venha comigo. (este que não pode ser substituído por “qual”, portanto não é um pronome relativo)
b) onde = pronome relativo     X    onde = advérbio de lugar
O mesmo cuidado devemos ter com a palavra “onde” – pronome relativo e “onde” – advérbio de lugar. Veja os exemplos:
  1. A casa onde moro é grande. (podemos substituí-lo por “na qual”, portanto é pronome relativo)
  2. “Tão longe, de mim distante, onde está, onde está teu pensamento?” (este onde não pode ser substituído por “o qual”)
Observe que na 1a frase, o “onde” se refere à palavra “casa”, que o antecede. Já na 2a frase, não existe nenhuma palavra com a qual o “onde” se relacione, se refira diretamente.
A palavra “qual” é genuinamente um pronome relativo, por isso, todas as vezes que você tiver dúvida sobre a classificação do “que” e “onde” que aparecerem nas frases, aplique o recurso da substituição para se certificar se é pronome relativo ou não.
 Apresento abaixo os pronomes relativos:
VARIÁVEIS
INVARIÁVEIS
masculino
feminino
singular
plural
singular
plural
(o) qual
cujo
quanto
(os) quais
cujos
quantos
(a) qual
cuja
quanta
(as) quais
cujas
quantas
Que
Quem
Onde

 AUTO-AVALIAÇÃO
A. Classifique os pronomes destacados no período abaixo. Para melhor identificação de sua resposta os pronomes estão numerados:
O guia que(1) te(2) destinaram conhece muito bem nossa(3) cidade. Ele(4) te(5) levará a qualquer(6) lugar que(7) pedires. Quem(8) poderia desejar melhor companhia? Sabes o(9) que(10) disseram os(11) que(12) foram ciceroneados por ele(13)? Todos(14) quantos(15) tiveram este(16) jovem como guia elogiaram seus(17) conhecimentos históricos.
B. Informe se o pronome destacado é substantivo ou adjetivo:
1. Encontrei nosso companheiro de infância. ______________________
2. Enviamos tudo pelo correio. _________________________________
3. Aquelas terras são improdutivas. _____________________________
4. Alguém acaba de chegar. ___________________________________
5. Certas pessoas são inconvenientes. ___________________________
C. Coloque nas lacunas os pronomes demonstrativos adequados: este, esse, aquele, fazendo a concordância correta.
1. José de Alencar e Castro Alves foram os que mais sobressaíram na época romântica da Literatura Brasileira; ______________ , na prosa; _______ na poesia.
2. Guarde bem _________ palavras que acabo de dizer.
3. _________ mala que trago comigo pertence ao Fernando.
4. Anote ________ recomendação: fechar o portão às dez horas.
D. Classifique as palavras em destaque usando o seguinte código:
1 – artigo        2 – pronome      3 – numeral
1. Resolveu arrumar um(   ) parceiro para as(   ) aulas de dança de salão.
2. Dos três rapazes apenas um(   ) concordou em dançar com ela.
3. Levou-a(   ) para o(   ) centro do salão; todos os(   ) observavam, esperando um(   ) passo mais ousado.
4. Um(   ) ou outro amigo parava para um(   ) breve descanso; em seguida voltavam ao embalo da música.
5. Tocaram muitas, mas apenas uma(   ) agradou a todos os bailarinos.
6. Não quero ouvir o(   ) disco que está na estante, mas o(   ) que ficou no armário do quarto.
7. Mandei-a(   ) sair.
E. O texto abaixo apresenta pronome relativo empregado inadequadamente. Faça o que se pede:
1. Diga em que consiste essa inadequação.
2. Reescreva o texto, tornando-o mais claro.
LIXEIRO É MORTO POR PEGAR DOCE COM A MÃO
“O lixeiro Olívio Martinho de Souza foi morto com dois tiros nas costas anteontem por ter posto a mão em um doce em uma lanchonete que não ia comprar. O assassino seria o dono da lanchonete Vinícius Gennari, 65 anos, que, segundo a policia, estava foragido até a noite de ontem.”     (Folha de São Paulo).


GABARITO (RESPOSTAS)
Questão A.
1. pronome relativo                    2. Pronome pessoal oblíquo        3. Pronome possessivo           4. pronome pessoal reto
5. Pronome pessoal oblíquo    6. Pronome indefinido                 7. pronome relativo                   8. Pronome interrogativo
9. Pronome demonstrativo     10. pronome relativo                     11. Pronome demonstrativo    12. Pronome relativo
13. pronome pessoal reto        14. Pronome indefinido               15. Pronome relativo                 16. pronome demonstrativo
17. Pronome possessivo

Questão B.
1. Pronome adjetivo        2. Pronome substantivo    3. Pronome adjetivo        4. Pronome substantivo       5. pronome adjetivo

Questão C.
1. aquele; este        2. estas        3. Esta        4. Esta
  
Questão D.
1. Resolveu arrumar um( 3 ) parceiro para as( 1 ) aulas de dança de salão.
2. Dos três rapazes apenas um3 ) concordou em dançar com ela.
3. Levou-a( 2 ) para o 1 ) centro do salão; todos os2 ) observavam, esperando um(  3 ) passo mais ousado.
4. Um( 2 ) ou outro amigo parava para um( 3 ) breve descanso; em seguida voltavam ao embalo da música.
5. Tocaram muitas, mas apenas uma3 ) agradou a todos os bailarinos.
6. Não quero ouvir o( 1 ) disco que está na estante, mas o
( 2 ) que ficou no armário do quarto.
7. Mandei-a2 ) sair.
Questão E.
1. Na frase: “… ter posto a mão em um doce em uma lanchonete que não ia comprar.”, a inadequação consiste na colocação errada do “que”, causando a interpretação dúbia  da frase: o homem não ia comprar o doce ou não ia comprar a lanchonete? O “que”, neste caso, refere-se ao doce e não à lanchonete.

2. A melhor construção do texto seria:
O lixeiro Olívio Martinho de Souza foi morto com dois tiros nas costas por ter posto a mão em um doce que não ia comprar, em uma lanchonete.
Outras alternativas podem ser usadas, desde que fique claro o não pagamento do doce pelo lixeiro.

5 comentários:

  1. gostei muito de sua atividades e adorei o seu blog
    você esta de parabéns

    ResponderExcluir
  2. ADOREI AS QUESTÕES PARABÉNS POR TUDO!

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada por dividir o seu trabalho! Isso faz de você uma pessoa especial! Fabiana.

    ResponderExcluir
  4. Querida professora Marlene,muito obrigada por esse maravilhoso site no qual pude tirar proveito ao ajudar minha filha que está no 7ºano do ensino fundamental,no colégio Souza da Silveira,Piedade,RJ,suas explicações detalhadas sobre pronomes,estão simplesmente eficientes,gostaria que toda essa informação correta sobre os pronomes fosse aplicado na escola dela,mais detalhes como pronomes adjetivos,substantivos,são ignorados,dificultando a formação da mesma para obter colocações futuras,agradeço muito por ter essa ferramenta para ajuda-la e poder engrandecer seu estudo.
    grata
    claudia s. gomes(claudiasgomes@hotmail.com)

    ResponderExcluir